Para contribuir com esse blog, enviar notícias de sua diocese e sugestões entre em contato através do e-mail: pastoraldaaidsnorte1@gmail.com

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Pastoral da Aids realiza Missa pelo Dia de Luta contra o HIV

Aconteceu no último dia 26 de Novembro de 2017, a Missa Pelo Dia Mundial de Luta Contra o HIV, realizada pela Pastoral da Aids de Manaus e apoio da Arquidiocese de Manaus. O Tema deste ano é: "SUS É SAÚDE", e marca a abertura das muitas ações de prevenção que serão realizadas pela cidade marcando o Dezembro Vermelho, mês de combate ao HIV.

A Missa Aconteceu na Capela da Sagrada Família, Stúdio 5 Mall - Manaus/AM e foi a TV Amazon Sat e pela Rádio Rio Mar FM 103,5 para toda cidade.

Por Eduardo Soares
Fotos Pastoral da Aids






















quarta-feira, 22 de novembro de 2017

26 de Novembro de 2017 Missa Pelo Dia Mundial de Luta Contra o HIV

Com o Tema: "SUS É SAÚDE", a Pastoral da Aids da Arquidiocese de Manaus, realizará neste próximo domingo dia 26 de Novembro a Missa Pelo Dia Mundial de Luta Contra o HIV
O evento marcará a abertura da Semana de Combate ao HIV que começa no dia 1ºde Dezembro.
A Missa Acontecerá na Capela da Sagrada Família, Stúdio 5 Mall - Manaus/AM às 08:00 da manhã, também será transmitida pela TV Amazon Sat e pela Rádio Rio Mar FM 103,5.


Pastoral da Aids prepara atividades para Dia Mundial de Luta contra a doença

O Dia Mundial de Luta contra a AIDS é celebrado em todo o mundo no dia 1º de dezembro. No Brasil, há vários anos a Pastoral da Aids vem implementando, nesta data, iniciativas e ações com o objetivo de informar e orientar toda a população sobre a epidemia do HIV/Aids e da necessidade do diagnóstico precoce para o HIV. Além disso, a campanha busca acompanhar e apoiar as pessoas que se descobrem portadoras do HIV na realização do tratamento precoce, para evitar o adoecimento e ter uma melhor qualidade de vida.
Este ano o trabalho será concentrado no tema: “Em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), contra o HIV”. A ideia é que toda a Igreja, bispos, padres, pastorais e leigos a se engajarem na luta contra a Aids e principalmente na informação e orientação para que a população vá à rede pública de saúde buscar o diagnóstico precoce para HIV. O teste é rápido, seguro e sigiloso, está disponível na rede de saúde e é um direito de todos.
“Os avanços da medicina, o esforço de gestores e o empenho da sociedade civil fizeram da Aids uma doença tratável. Com o conhecimento das tecnologias é possível viver com qualidade, mesmo tendo HIV. É o SUS que garante estes avanços. Apoiar o SUS é apoiar a resposta brasileira contra a Aids. Para melhorar a qualidade de vida e evitar novas infecções e óbitos por causa do HIV é preciso fortalecer e ampliar a rede de cuidados”, esclarece a coordenação nacional da Pastoral da Aids.
A campanha será realizada pelos agentes da Pastoral da Aids e de outras pastorais nas dioceses do Brasil, a partir do dia 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Outras frentes
O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde também prepara uma campanha que vai trabalhar a Prevenção Combinada do HIV. A proposta é ampliar a gama de opções que os indivíduos possuem para a prevenção contra o vírus e oferecer mais alternativas cientificamente eficazes, por meio da combinação de novas estratégias comportamentais e biomédicas baseadas em direitos humanos e informadas por evidências.
A prevenção combinada engloba, além do uso do preservativo, o tratamento como prevenção, a Profilaxia Pós-exposição (PEP) e a Profilaxia Pré-exposição (PrEP). Todas essas novas estratégias devem ser vistas e consideradas como novas opções no leque de estratégias que compõem a prevenção combinada ao HIV.

Protocolos para o Tratamento do HIV no Brasil
Desde 2013, o Ministério da Saúde, através do Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais (DDAHV), têm disponibilizado os medicamentos antirretrovirais de forma gratuita a todas as pessoas vivendo com HIV/AIDS – independente do nível do CD4. O Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Manejo da Infecção pelo HIV em Adultos, implementado em dezembro de 2013 durante as celebrações do Dia Mundial de Luta contra a AIDS, também é um marco do início da política brasileira de “Testar e Tratar” e do uso do Tratamento como prevenção pelo país.
Já o mais recente Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Profilaxia Antirretroviral Pós-Exposição de Risco à Infecção pelo HIV atualizou as recomendações brasileiras para o uso de medicamentos antirretrovirais para a Profilaxia Pós-exposição (PEP).

UNAIDS
O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), estima que 36,7 milhões de pessoas vivem com o vírus HIV ao redor do mundo, 57% sabem que são soropositivos e apenas 46% tem acesso ao tratamento. Além disso, o levantamento mostra que 1,1 milhão morreram em decorrência de doenças relacionadas à AIDS, entre 2010 e 2015. No Brasil, estima-se que 830 mil pessoas têm o vírus HIV. Desses, somente 55% fazem o tratamento. Os dados revelam ainda que em média 44 mil novos casos são notificados por ano. Os números revelam ainda que entre 2010 e 2015, 15 mil mortes foram em decorrência da doença. Segundo a Unaids, 40% das infecções da América Latina estão concentradas no Brasil.
A expectativa da Unaids é, até 2030, tornar o número de novas infecções baixos a níveis não epidêmico cumprindo a meta 90-90-90: que 90% de todas as pessoas com HIV conheçam seu diagnóstico, que 90% das diagnosticadas sejam tratadas imediatamente, e que 90% das tratadas possuam carga viral indetectável e não possam mais transmitir o vírus.

Sobre o HIV e a AIDS
HIV é um vírus que se espalha através de fluídos corporais e afeta células específicas do sistema imunológico, conhecidas como células CD4, ou células T. Sem o tratamento antirretroviral, o HIV afeta e destrói essas células específicas do sistema imunológico e torna o organismo incapaz de lutar contra infecções e doenças. Quando isso acontece, a infecção por HIV leva à AIDS.

O que é HIV?
HIV é uma sigla para vírus da imunodeficiência humana. É o vírus que pode levar à síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Ao contrário de outros vírus, o corpo humano não consegue se livrar do HIV. Isso significa que uma vez que você contrai o HIV, você viverá com o vírus para sempre.

 

Lei cria o Dezembro Vermelho

Foco será na prevenção, assistência e promoção dos direitos humanos às pessoas vivendo com HIV/Aids

Aprovada pelo Senado em outubro, foi publicada na terça-feira (7), no Diário Oficial da União, a Lei 13.504 que institui a Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis (Dezembro Vermelho).
A campanha terá foco na prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/Aids. Serão realizadas, ao longo do mês de dezembro, atividades e mobilizações tais como iluminação de prédios públicos com luzes na cor vermelha; veiculação de campanhas de mídia; palestras e atividades educativas; e promoção de eventos. A instituição da campanha já havia sido aprovada em agosto pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal.
As ações do Dezembro Vermelho serão realizadas em parcerias entre o poder público, sociedade civil e organismos internacionais, de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) para enfretamento da Aids e outras ISTs.


Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV (link is external)


terça-feira, 24 de outubro de 2017

XV Seminário de Prevenção ao HIV 20 a 22 de Outubro de 2017 - Rio de Janeiro



"Promover a Prevenção, Garantindo o Cuidado", foi o tema do XV Seminário de Prevenção ao HIV, promovido pela Pastoral da AIDS na cidade do Rio de Janeiro no período de 20 a 22 de Outubro de 2017.
Com a participação de vários Agentes do Brasil e convidados, os assuntos abordados deram ênfase ao serviço do "Cuidar", desde a avaliação da Estratégia 90-90-90 proferida pelo Ministério da Saúde aos avanços e limites das estratégias de trabalho para o SUS.
O diálogo dos participantes, com as apresentações dos painéis do acompanhamento as pessoas que vivem com HIV mostraram como é possível fazer o enfrentamento da epidemia por meio das campanhas de prevenção e incentivo do cuidado.
Os momentos de espiritualidade também visaram a força que o agente da Pastoral precisa para continuar no serviço.
Nós últimos momentos do evento os agentes puderam debater nos grupos de trabalho quais as possibilidades de intensificar e o que é possível inovar no trabalho da pastoral nos aspectos da prevenção e do cuidado.
Por fim, a aprovação do documento oficial do evento, que dá ênfase com as sugestões dos agentes assim como a apresentação do material que será usado na campanha de 1° de dezembro (que logo será divulgado) os agentes e convidados tiveram o prazer de compartilhar o que a Pastoral da AIDS tanto vincula em todo seu trabalho. O acolhimento, a informação e o compromisso social.
























 
Texto por Eduardo Soares
Fotos Pastoral da Aids

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

PASTORAL DA AIDS REALIZA O 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE PREVENÇÃO

O 15º Seminário Nacional de Prevenção ao HIV será realizado de 20 a 22 de outubro de 2017, no CEFEC-Centro de Formação e Espiritualidade Cabriniana - Rua Conde de Bonfim, 1305 - Tijuca – Rio de Janeiro/RJ com o tema “Promover a prevenção, garantindo o cuidado”. Esta edição tem como o objetivo de analisar a atual conjuntura do enfrentamento da Aids no Brasil observando a promoção da prevenção combinada rumo a meta 90-90-90, garantia do tratamento humanizado pelo SUS e o cuidado integral da pessoa humana.
 
Vivemos um cenário mundial dinâmico em que, 19,5 milhões dos 36,7 milhões de pessoas vivendo com HIV tiveram acesso ao tratamento e mortes relacionadas à AIDS caíram de 1,9 milhão em 2005 para 1 milhão até o final de 2016. Segundo o relatório, “Acabando com a AIDS: progresso rumo às metas 90–90–90”, disponibilizado pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV – UNAIDS, em 2016, mais de dois terços (84%) das pessoas vivendo com HIV conhecem seu estado sorológico positivo. Das pessoas diagnosticadas HIV positivas, 79% estão vinculadas aos serviços, e das pessoas em tratamento, 91% tem carga viral indetectável devido a adesão ao tratamento. Globalmente, o progresso tem sido significativo, mas ainda há muito trabalho a ser feito. Cerca de 26% das pessoas vivendo com HIV ainda não conhecem o seu estado sorológico positivo, aproximadamente 17,1 milhões de pessoas vivendo com HIV não têm acesso à terapia antirretroviral e mais de metade de todas as pessoas que vivem com HIV não tem carga viral indetectável. 
Segundo o site da Agência Brasil, o Ministério da Saúde estima que 830 mil pessoas vivem com HIV/aids no Brasil até 2016. Dessas, cerca de 136 mil não sabem que estão infectados. E do total dessas pessoas soropositivas, 372 mil ainda não estão em tratamento, apesar de 260 mil delas já saberem que estão infectadas.
O Papa Francisco chama a atenção para o cuidado de nossa casa comum e a necessidade de uma conversão integral. “As atitudes que dificultam encontrar caminhos de solução, mesmo entre os crentes, vão desde a negação do problema à indiferença, da resignação acomodada à confiança cega nas soluções técnicas. Precisamos de uma nova solidariedade universal”. Deste modo o sumo Pontífice nos aponta caminhos para vencer os desafios que ameaçam a vida e nos fortalece na garantia do cuidado. 


Pe. Mauro Sergio Marçal                          Ana Carolina Barbosa de Souza             
Assessor Nacional da Pastoral da Aids      Secretária da Pastoral da Aids

“COM A MÃE APARECIDA POR UM MUNDO SEM AIDS”



Ação de incentivo ao diagnóstico precoce ao HIV realizada pela Pastoral da Aids durante a festa de Nossa Senhora Aparecida 2017. A atividade é realizada em parceria com o Ministério da Saúde e integra as comemorações da Festa da Padroeira 2017 – Jubileu de “300 anos de bênçãos”.
Em pouco menos de três horas de atendimento, 150 pessoas participaram das ações de testagem da Pastoral da Aids - Nacional nesta quinta-feira (12) no estande instalado próximo ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida do Norte - SP. A ação de Incentivo ao Diagnóstico Precoce ao HIV “Com a Mãe Aparecida, por um mundo sem aids”, realizada em parceria com o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde.